• Rua Dr. Vieira Bueno, 156 – Cambuí, Campinas – SP
  • Fone: 19 3762 1122
  • Whatsapp: 19 97409 7641

BLOG

Equipe SCTP: Michele Mariana

22.Mar.2019

"A Santa me fez redescobrir a mim mesma e iniciar uma nova vida": Vem conhecer a Michele Mariana e seu processo de autodescoberta na marca.

A arte do relacionamento, da conversa e do apoio. É a essa arte que a Michele Mariana, mais conhecida como Mari, nossa gerente da loja do Shopping Galleria, está conectada. Basta alguém chegar até onde ela está que o diálogo corre solto, como se acontecesse entre duas pessoas que se conhecem há tempos. É nesses momentos, segundo a Mari, que o coração dela vibra. Mas nem sempre ela teve a chance de sentir e viver essa plenitude que a representa. "Eu trabalhava em um ritmo muito voltado para a venda e que anulava em mim essa paixão que eu sempre tive pelo relacionamento. Quando vim para a Santa, acabei redescobrindo a pessoa que eu sou e, mais do que isso, iniciei uma nova vida", conta.

A Mari, que já morou em São Paulo e depois em São Vicente, veio para Itatiba (no interior de São Paulo) em 2015 com o marido e a filha em busca de um recomeço profissional para ela e o companheiro. O espírito despojado e alegre, sempre em busca de novidades e oportunidades para interagir com outras pessoas e trabalhar, veio desde cedo. Já em São Paulo ela trabalhava em lojas no segmento da moda e levava jeito para o comércio. Quando engravidou, decidiu dar uma pausa no trabalho para cuidar da filha e, depois de 8 anos, decidiu voltar ao mercado - dessa vez, encarando o desafio de uma nova cidade: Campinas. É aqui que começa a nossa história de recomeço, redescoberta e um grande encontro de propósitos.

Vem conhecer melhor essa história linda!

 


 

Você sempre trabalhou no segmento de moda? Como teve início sua trajetória profissional?

É uma história que começa lá atrás! Eu era de São Paulo e lá já trabalhava em lojas no segmento de moda. Em 2008 eu engravidei e meu marido trabalhava em Santos, então achamos melhor nos mudarmos para São Vicente e criarmos nossa filha por lá. Pelo tempo que precisei dedicar à minha filha, tive que dar uma pausa no trabalho e acabei ficando sem trabalhar formalmente por 8 anos. Sempre gostei de vendas, de relacionamento com cliente, e acabava pegando algumas peças para vender nesse período. Até que meu marido foi mandado embora. Estávamos sem emprego e decidimos retornar para São Paulo. Meu cunhado morava em Itatiba na época e nos convidou para conhecer a cidade e ficarmos mais próximos como família, então nos mudamos para lá em 2015. Fiquei 1 ano desempregada e aí me deu um clique: "tenho que buscar emprego em Campinas..é lá que vou encontrar coisas na minha área". E comecei a procurar. Vinha pra cá, deixava currículo e voltava pra entrevista. Depois de um tempo fui contratada em uma loja no Shopping Iguatemi como vendedora e comecei a ir e voltar todo dia de Campinas para Itatiba. Um tempo depois, fui promovida a gerente em uma franquia da loja e acabamos nos mudando de vez pra cá, depois de muito bate e volta.

 

E onde a SCTP entra na sua história?

A Santa entra logo quando nos mudamos pra cá, porque foi tudo muito rápido! Começamos a frequentar o Bola de Neve daqui de Campinas e um dia eu estava conversando com o meu pastor e disse que queria ter mais tempo para a igreja. Ele me disse que era só eu ir quando quisesse mas se lembrou que eu trabalhava no shopping e que a rotina era muito desgastante. Aí ele chamou a Vanessa (irmã da Gabi) e me apresentou, começou a perguntar se a SCTP não estava precisando de vendedora, etc. Isso foi em novembro de 2017. Depois de uma, duas semanas, a Cris entrou em contato para batermos um papo. Fui até lá, conversei com elas e foi incrível. A grande questão é que elas precisavam de alguém exatamente para aquele momento. Aí fiquei sem reação. Como eu sairia da loja onde eu estava em pleno novembro? Fiquei uns dias pedindo para Deus me dar uma resposta e aí Ele me deu. Eu decidi ir. Comuniquei minha ex-chefe, fiz tudo da melhor forma possível e comecei em novembro de 2017 na Santa.

 

 

Que tipo de mudança você notou na sua rotina quando começou a trabalhar na Santa?

Minha rotina mudou muito e eu mesma mudei muito. Porque a Santa é diferente. O relacionamento lá dentro é muito diferente, seja com as clientes ou com as outras colaboradoras. Eu nunca tive muito incentivo a ter um tempo de qualidade e de conversa com clientes, e aqui temos esse ritmo, essa diretriz. A conversa é algo que muda muito o trabalho que fazemos. A gente que trabalha com vendas está muito acostumado ao universo da gritaria, da pressão agressiva, e aqui é o oposto. Eu me percebo me redescobrindo e aprendendo todos os dias.

 

E você entrou para trabalhar em que função? Hoje, qual seu papel na marca?

Logo que entrei, entrei como vendedora/consultora e tivemos que nos mudar para a Pop Up Store do shopping Galleria, pois a loja do Cambuí estava em reforma. Um dia, a Vanessa apareceu lá e me disse que estenderíamos o prazo da loja no Galleria e que precisavam de uma gerente. Foi quando elas me propuseram ser gerente de lá. Foi um presente enorme pelo qual sou muito grata. Tanto a Vanessa como a Cris, a Gabi, a Mica e as outras meninas sempre estiveram do meu lado, então eu me sentia segura para isso, não tinha receio do que poderia vir.

 

Fora a mudança e a redescoberta que a SCTP trouxe para a sua vida, o que você enxerga como diferencial na marca?

Poxa, com certeza o fato de olharmos integralmente para as pessoas. A gente mostra para a cliente quem ela é. A gente faz roupa pra todo mundo, e isso tá muito claro até mesmo no nosso lookbook. Quantas clientes me disseram: poxa, me encontrei aqui, nunca achava roupa pra mim, etc…Então as clientes abrem o coração pra gente, e esse relacionamento é muito especial. A cliente passa só pra dar um abraço, sabe? É muito diferente mesmo. O que eu sinto é que tenho um papel gratificante demais, de entregar a elas um conforto, uma sinceridade e uma segurança. No fim, só tenho que agradecer por fazer parte disso tudo. A Santa me fez retornar à minha própria identidade, a me conhecer de novo. Me emociona porque eu me sentia perdida no mundo do comércio. Queria ser eu mesma mas não podia, e o carinho com o qual fui abraçada aqui, o cuidado comigo e com cada uma aqui, foi algo único. Aqui na Santa, cada uma de nós ocupa seu lugar com suavidade e muito amor. Estou numa nova vida e vivendo o novo todos os dias.

 
 

#equipesctp #identidade #proposito

Comentários

Gostou da matéria? Deixe aqui seu comentário ou dicas sobre o assunto.

X

Bem-vindo!

CADASTRE-SE E GANHE 10% DE DESCONTO NA PRIMEIRA COMPRA

*ao clicar no botão enviar, envie o codigo acima para o nosso WhatsApp.

  • 12.abr.2019

    Vamos juntos transformar a moda uma força do bem. Participe da semana Fashion Revolution e pergunte “Quem Fez Minhas Roupas?”.

  • 29.mar.2019

    Artigos caseiros do dia a dia com design inspirado em antigamente. Conheça a Il Casalingo, produtos artesanais feito por mulheres com muito amor e dedicação.

  • 15.mar.2019

    Nossa linha de acessórios lixo zero cresceu e está mais completa! Vem conhecer as vantagens do novo copo Menos 1 Lixo da Santa Costura.

  • 08.mar.2019

    Uma celebração aos tecidos e à moda atemporal: conheça o editorial Panos, retrato da nova coleção de outono da Santa.